Trabalhar no Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) é conhecido em todo o território nacional por prestar um ótimo serviço de atendimento e socorro às pessoas que precisam de ajuda em casos de acidentes, ou até mesmo enfermidades que ocorrem no dia a dia.

O Samu está disponível para auxiliar as pessoas em todo o território nacional, e ajuda milhares de pessoas. O serviço está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ou seja, nunca para, sempre há disponibilidade em socorros e atendimentos de urgência.

História do Samu

samu

O que pouquíssimas pessoas sabem é que o Samu foi criado na França, em meados de 1986. Na França o sistema utiliza a mesma sigla e possui o mesmo nome inclusive, chama-se Service d’Aide Médicale d’Urgence.

Aliás, o serviço ainda é considerado por muitos especialistas como o melhor do mundo em socorros e tratamentos especializados.

No entanto, no Brasil ele só foi normatizado em 2003, quando o governo federal criou um projeto envolvendo Governo Federal, Estadual e Municipal. Em meados de 2005 já existiam mais de 784 municípios assistidos pelo SAMU.

 

Como funciona o Samu?

Antes de mais nada, o atendimento inicial sempre se dá através do telefone 192, onde os atendentes inciam o atendimento, fazendo o contato, e investigando sobre o ocorrido, como local, o que está acontecendo, e quem é esta pessoa.




Após o atendimento, ambulâncias avançadas, médias e básicas fazem a próxima etapa do atendimento, com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. O socorro é realizado, geralmente, muito rápido, através de motoristas especializados e que conseguem se deslocar com facilidade até o local da ocorrência.

Portanto, segundo o Governo Federal, a equipe do SAMU 192 está apta a realizar atendimentos em qualquer lugar que a ocorrência existir, seja em residências, locais de trabalho ou nas vias públicas, onde é mais comum vermos os socorristas trabalhando.

Quando chamar o SAMU?

Abrimos um espaço aqui para trazer essa informação muito importante, que está disponível no site do governo federal. Confira abaixo quando chamar o SAMU 192:

– Na ocorrência de problemas cardio-respiratórios;
– Intoxicação exógena e envenenamento;
– Queimaduras graves;
– Na ocorrência de maus tratos;
– Trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto;
– Em tentativas de suicídio;
– Crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito;
– Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
– Afogamentos;
– Choque elétrico;
– Acidentes com produtos perigosos;
– Suspeita de Infarto ou AVC (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns);
– Agressão por arma de fogo ou arma branca;
– Soterramento, Desabamento;
– Crises Convulsivas;
– Transferência inter-hospitalar de doentes graves;
– Outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

Informação via site do governo federal.

Contratação de Equipe

Por ser um serviço de ordem contínua, que quase nunca para, é necessário uma vasta equipe que se reveza em turnos para atender bem a população. Por este motivo as equipes são grandes e estão em constante processo de contratação.

As vagas são diversas e variam conforme a função desempenhada no Samu. A rotina de trabalho é diversa também, enfermeiros, por exemplo, trabalham cerca de 30 horas semanais, e técnicos em enfermagem, 36 horas semanais.

Vagas no Samu




As vagas abertas são diversas e seus pré-requisitos variam de acordo com a função.
Há vagas que só são preenchidas através de concurso público, e outras que não.

Dentre as principais vagas, estão as vagas de enfermeiros, técnicos em enfermagem, condutor ou motorista, auxiliar, auxiliar administrativo, socorrista, entre outros.

Como se Candidatar às vagas?

Como as vagas são diversas, assim são as formas de contratação e os processos seletivos. É necessário estar bem atento a como funciona cada processo seletivo.

O mais conhecido, é o processo seletivo através de concurso, que é mais utilizado para cargos que precisam de um conhecimento nível técnico especializado, ou superior. Por consequência, estas também são as vagas com os maiores salários, pois dependem de todo um preparo, além de terem que passar por um processo seletivo bem mais difícil.

Outros processos seletivos podem ser realizados em conjunto com prefeituras, ou pelos responsáveis do Samu na cidade. Estes são processos seletivos mais simples, onde você precisa de um ótimo currículo, e uma boa preparação para a entrevista de emprego. Os salários e afins variam conforme a função e o tempo de trabalho.

Para participar destes processos, o importante é estar com seu currículo atualizado, sempre mantendo todas informações importantes bem atualizadas, como endereço, nome completo, informações pessoais no geral. E não esquecer de colocar telefone para quem possam entrar em contato com você!

Desejamos boa sorte!

Candidatar-se para esta vaga
Compartilhe esta Vaga

Samu

(0)
Facebook